Por Paulo Zanon @ 07:23 — 13/01/2014

2013 e os Cavaleiros Holográficos


CH-2013-retrospectiva

Mais um ano se passou!

O Cavaleiros Holográficos nasceu em maio de 2011. Infelizmente nunca conseguimos postar com uma certa regularidade, e os assuntos abordados foram variavam entre filosofia, futebol, tecnologia, música, cinema e por aí vai. O blog teve seus altos e baixos, mas em 2013 ele voltou a atividade de forma constante – ainda não como queremos, mas já houve um grande progresso.

Analisando o ano de 2013, posso citar algumas coisas interessantes que aconteceram no Cavaleiros Holográficos: novo layout, estréia de nosso podcast, a nomeação de novos Cavaleiros e o aumento de nossa participação em redes sociais.

Primeiro veio a mudança de layout. Queríamos algo limpo, sem muito “fru fru” e que não atrapalhasse o conteúdo do site. O Homero Meyer colocou a mão na massa e nos apresentou a cara que temos hoje, simples e objetivo. Um trabalho de mestre.

Com a entrada do novo Cavaleiro Andre Zelak, conseguimos então iniciar a gravação de nosso primeiro podcast: eis que surge o SynCast. Iniciamos meio na loucura, com uma conversa no café onde Emanuel Schimidt também foi nomeado Cavaleiro. No segundo episódio do podcast mudamos um pouco a dinâmica e tentamos melhorar a qualidade, afinal, o primeiro foi gravado em um iPhone na cozinha da empresa em que trabalhamos. Na sequência Homero Meyer completaria o grupo de SynCasters, começando a participar assiduamente.

Problemas de áudio na gravação, pauta bagunçada, equipamentos amadores e problemáticos, edição complicada, participantes irritados, puro estresse… Tudo indicava que o podcast não iria durar. Foi então que sentamos, conversamos e organizamos a bagunça. Infelizmente ainda não temos uma periodicidade bem definida, mas aguardem!

Continuamos fazendo alguns experimentos com o SynCast, já que queremos deixá-lo com a nossa cara, buscando inspiração nos grandes podcasts nacionais e internacionais. Algo extremamente motivador é saber que a cada novo SynCast publicado o número de ouvintes aumenta. Inclusive já temos o nosso primeiro fã!

Tentamos de todas as maneiras aumentar a participação do Cavaleiros Holográficos nas redes sociais: Twitter, Facebook e Google+. Alguns bons resultados foram alcançados, como por exemplo a divulgação do blog aos nossos amigos, colegas de trabalho e familiares. Parece pouco, mas saber que alguém que você nunca imaginaria que iria sequer abrir o seu post, não apenas o fez, como leu, opinou e ainda compartilhou é simplesmente fantástico! Melhor ainda é quando pessoas completamente desconhecidas escutam o podcast, e ainda se dão ao trabalho de comentar no post. É realmente muito gratificante, e a razão são vocês, nossos (ainda poucos) leitores.

Uma pergunta que as vezes escuto é: O que é o Cavaleiros Holográficos? ou até mesmo Quem são os Cavaleiros?

Foi então que em dezembro, com uma surto de empolgação, inseri a página Quem Somos do Cavaleiros Holográficos (olha ali no menu do lado direito), para que ao menos as pessoas saibam quem são as pessoas por trás do site.

De qualquer forma, encerro esse post com a apresentação de todos:

Eu sou o Paulo Zanon o autor desse post, SUPER EMPOLGADO, CHATO PRA C@$A$!O … Ah! Nem vou ficar me descrevendo…

O nosso maluco de plantão, gerador de teorias conspiratórias e maluquices em geral (pense em alguém que nunca para de pensar!): Homero Meyer.

Gadget freak, extremamente analisador, gosta de questionar e mais um sarna de plantão: Andre Zelak.

E por último mas não menos importante, Mr. Gamer, Mr. Gralha, sempre tá resmungando algo nas conversas, ou até sendo o comunista revoltado mas que com certeza não deixa seu WiFi sem senha: Emanuel Schimidt!

syncasters

Que 2014 seja um ano ainda melhor! Creio que se conseguirmos fazer pelo menos 1/3 do que fizemos em 2013, teremos novas e interessantes conquistas.